Valência

Valência foi fundada em 138 aC. pelos romanos, que estabeleceram uma colônia chamada Valentia Edetanorum nas margens do rio Turia. Vários séculos depois, os muçulmanos assumiram o controle da cidade e fizeram dela um importante centro agrícola e industrial. Em 1238 Jaime I de Aragão reconquistou para os cristãos.

Com cerca de 800.000 habitantes, Valência é a terceira maior cidade da Espanha. Está localizada nas margens do Mar Mediterrâneo, desfruta de um clima muito agradável todo o ano e tem mais de 2.000 anos de história. Sem medo de inovação, é uma cidade em constante mudança. Com o desvio do canal do rio Turia que antes atravessava a cidade, a Cidade das Artes e Ciências do arquiteto Santiago Calatrava e o Palácio dos Congressos desenhado por Norman Foster colocaram-no na vanguarda arquitectónica europeia.

Atualmente, seu centro histórico é um dos maiores da Espanha. Esta área contrasta com os edifícios de vanguarda construídos nos últimos anos na zona  nova da cidade. Juntos, eles formam um dos destinos turísticos mais populares do país. A oferta turística de Valência é completada com as praias, a Albufera, que é uma lagoa de água salgada localizada a poucos quilômetros da cidade, e as Fallas,  festival mundialmente conhecido.

Valência é também um importante centro econômico e seu porto é o mais movimentado com os tráfego de contêineres no Mediterrâneo. Além disso, possui uma grande projeção internacional graças à organização de inúmeros congressos, feiras e eventos mundiais.